A história dos Ukuleles Martin & Co.

Ukulele 1K Martin & Co.
Em meados de 1907, F.H. Martin já testava os primeiros ukuleles, o registro mais antigo é de 10 de dezembro do mesmo ano. Porém estes primeiros ukuleles não foram muito bem aceitos logo de cara, acredita-se que pelo fato deles terem sido feitos muito parecidos com os violões (na sonoridade, não na aparência). Eles não produziam o som leve (e saltitante) característico do ukulele.

Richard Konter (famoso ukulele player)
com seu famoso ukulele 1K Martin.
Devido a isso, o "projeto ukulele" da Martin ficou na gaveta por 10 anos e só saiu quando a companhia percebeu que uma febre pelo instrumento havaiano estava tomando conta dos Estados Unidos. Dessa vez a companhia não errou, embora as dimensões do instrumento tenham sido as mesmas usadas na versão anterior, agora o mogno tomou conta do instrumento, as espessuras diminuíram entre outros, ou seja, o resultado é o mesmo que vemos hoje nos ukes da Martin, os melhores de todos os tempos!
Em 1920 a Martin começou a trabalhar com a tradicional koa havaiana, que deixou os ukes com um som mais brilhante e nítido, exatamente como os ukuleles feitos no Hawaii, outros acerto que alavancou as vendas!
Os ukuleles de koa foram comercializados até meados da década de 40, quando a obtenção da madeira se tornou extremamente difícil
por conta da Segunda Guerra Mundial.


(da esquerda para a direita) Lineup raro de ukuleles Martin: 2K, 3M, 3K, 2K concert, 5K, 5K tenor e o 5K barítono.



Papalina Lahi Lahi (Cifras // Chords) + Vídeo

Introdução: A7 - G7 - C

F  C
He aloha wau ia 'oe la
G7  C
Kou papalina lahilahi
F  C
I ka ho'opulu mau 'ia la
G7  C
I ka hunehune o ke kai
He aha no ho'i kau la
O ke ala wiki 'ana mai
Ua 'ike iho no 'oe la
A he pua 'oe ua 'ako 'ia
Ha'awi hemolele 'ia la
Mai ke po'o aka hi'u
He aha no ho'i kau la
'O ka pulalelale 'ana mai
Ha'ina mai ka puana la
Kou papalina lahilahi
Ha'ina hou ka puana la
He aloha wau ia 'oe




Noize - Lucha de Gigantes (Ukulele Cover)